AMOR ETERNO

AMOR ETERNO

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

UMA HISTÓRIA DE AMOR!

(A FLOR ENIGMÁTICA)

.

Quase eu parti
Mas o destino
Não deixou

Desatinos
Se criou
Tinha que estar aqui

Perguntei
Oh  meu artista
Será  que eu falhei?

Ele,me acordou
Disse ,tens alguém
Que vais conhecer

Andou,Andou
Neste ,seu vai e vem
Ainda tens livros a escrever

E algo a te envolver
Teu Amor Eterno
Vou deixar
Conhecer

Mas,meu Pai
Vou poder o amar?
Não,não vai

Mas já são eternos
São amores ternos
De outras Terras

Outra missão
Haja coração
Paralela,nesta Era

Mas te sinto em Mim
Amores,teus
São para mim

E os meus
São para sempre
Só teus

Eu te encontrei
Sonhei,sonhei
Te amei
É por isto

Que  te Amo...Tanto,TANTO...

                                   §

2 comentários:

  1. Belo poema...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  2. Tão sentido, este poema... um dos mais lindos seus!

    ResponderExcluir

Um Sol a Todos.Luz em teus caminhos.