AMOR ETERNO

AMOR ETERNO

segunda-feira, 16 de abril de 2012

DOMÍNIOS DA LUA.

(A FLOR ENIGMÁTICA)



Como oferenda a Lua
Sob raios a pratear
Meu corpo,toda tua
Nua
Convido-te vem me amar


Quebro,requebro
Não esqueço
Ao teu redor
Te ofereço
Dança do Ventre


Enfeitiça.atiça
Carinhos
Venha, dou para ti  o melhor
Entre  
Em meu ninho


Teu corpo quente
Colado ao meu carente
Momento tão louco 
Deixe –o outra vez
Novamente .mais um pouco


Nos Domínios da Lua
Aquecer , e Crescer, em mim


                                   §

2 comentários:

  1. Belo poema...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  2. Minha amiga Flor...
    O poeta ultrapassa barreiras e quando se dá conta, sua alma já está entorpecida pelas palavras exatas que a emoção exala...
    E se eu disser que "trouxe" você para o Japão? Não acredita? Confira em meu último post!!!Vou aguardar vc!!!Um bjo amigo, Rubi.

    ResponderExcluir

Um Sol a Todos.Luz em teus caminhos.